𝑨𝒃𝒂𝒄𝒂𝒕𝒆: 10 𝒃𝒆𝒏𝒆𝒇𝒊́𝒄𝒊𝒐𝒔 𝒅𝒆𝒔𝒔𝒆 𝒔𝒖𝒑𝒆𝒓𝒂𝒍𝒊𝒎𝒆𝒏𝒕𝒐

Delicioso e versåtil, o abacate faz o maior sucesso na dieta de quem opta por uma alimentação mais saudåvel. AlÊm de saborosa, a fruta queridinha do momento Ê rica em fibras, potåssio, sódio, magnÊsio, vitamina A, C, E, K 1, folato, B-6, niacina, åcido pantatênico, riboflavina, colina, luteína, zeaxantina, criptoxantina, fitoesteróis e gorduras monoinsaturada, que ajudam a reduzir os riscos de doenças crônicas.

Ademais, ĂŠ frequentemente citado como um superalimento, o que nĂŁo ĂŠ surpreendente, dadas as suas propriedades para o bem-estar. TambĂŠm, existem centenas de tipos de abacates que variam em formas, tamanhos, cores e texturas. No Brasil, sĂŁo produzidas as variedades Breda, Fortuna, Geada, Margarida, Ouro Verde, Quintal e Hass – conhecida como avocado.

Dessa forma, para aderir essa fruta deliciosa em seu cardĂĄpio, com a ajuda da nutricionista Adriana Stavro, confira um pouco mais sobre os benefĂ­cios do abacate:

1- Diminui hipertensĂŁo

Como jå citado, os abacates são ricos em potåssio. Uma porção de 100 gramas contêm 14% da dose diåria recomendada (RDA), em comparação com 10% na banana, um alimento típico com alto teor de potåssio.

Na revisão sistemåtica e meta-anålises sobre o efeito do aumento da ingestão de potåssio na prevenção de doenças cardiovasculares, que incluiu 22 ensaios clínicos randomizados com 1.606 participantes com hipertensão e lipídios altos no sangue, e 11 estudos de coorte com 127.038 participantes relatando doença cardiovascular, acidente vascular cerebral ou doença cardíaca, mostrou que o aumento da ingestão de potåssio reduziu a pressão arterial sistólica em 3,49 e a diastólica em 1,96.

2- Diminui colesterol total e LDL e aumenta HDL

Poucos sabem, mas o fruto do momento Ê uma excelente fonte de åcidos graxos monoinsaturados em dietas destinadas ao tratamento da hipercolesterolemia. O abacate Ê rico em esteróis vegetais, que demonstraram diminuir o colesterol ao bloquear sua absorção na corrente sanguínea.

TambÊm são ricos em vitaminas e minerais, incluindo vitamina E, C, magnÊsio, folato e zinco. O consumo da fruta mostrou redução dos níveis de colesterol total, triglicerídeos, colesteróis LDL e aumento do colesterol HDL (bom).

3- Extrato da fruta pode aliviar os sintomas da osteoartrite (OA)

A OA Ê uma doença crônica comum, dolorosa e debilitante, que atinge milhares de indivíduos. PorÊm, estudos sugerem que o consumo de 300 mg de insaponificåveis de abacate (ASU), podem reduzir a OA de quadril e joelho.

4- Reduz risco de doença cardíaca

Uma meta-anålise com 50 estudos sobre o efeito da dieta mediterrânea na síndrome metabólica mostrou que, uma dieta rica em gordura monoinsaturada era eficaz na prevenção da síndrome metabólica.

Outro estudo sobre dieta mediterrânea, incidência e mortalidade por doença cardíaca e derrame, acompanhou por 20 anos e seguiu mais de 74.000 mulheres com idades entre 38 e 63 anos. Os autores relataram que as mulheres que aderiram a uma dieta no estilo mediterrâneo tinham menor risco de derrame.

5- Pode prevenir e ajudar a tratar o câncer

Aposto que dessa vocĂŞ nĂŁo sabia! Segundo Stavro, um estudo de 2015 publicado na Cancer Research mostrou que a abacatina B, um composto derivado do abacate, pode ajudar a matar as cĂŠlulas de leucemia.

6 – Melhora a saĂşde ocular

O abacate contêm luteína e zeaxantina, fitoquímicos importantes para a saúde dos olhos. Incluir o fruto em sua dieta ajuda a reduzir o risco de desenvolver degeneração macular relacionada à idade.

7- MantÊm o açúcar no sangue eståvel

Adicionar abacate à sua alimentação ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue controlados, visto que a gordura presente na fruta não altera a glicemia. Ou seja, os pacientes diabÊticos podem se beneficiar com o consumo.

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Loma Linda descobriu que, os participantes que comeram meio abacate no almoço relataram se sentir satisfeitos por mais tempo. TambÊm mostrou que comer abacate não resultou em aumento nos níveis de açúcar no sangue. Os pesquisadores acreditam que o consumo pode ser benÊfico na manutenção do peso e controle do diabetes.

8- Melhora a saĂşde digestiva

A fibra do abacate não só estabiliza o açúcar no sangue, mas tambÊm ajuda a melhorar a saúde digestiva, e ajuda a mudar o equilíbrio de bactÊrias no intestino, aumentando as saudåveis e diminuindo as prejudiciais que podem ser a chave de alguns problemas digestivos.

Ademais, a gordura do abacate nutre o revestimento do intestino, o que diminui a chance de constipação e os sintomas da síndrome do intestino irritåvel.

9- Auxilia na perda de peso

Um estudo randomizado publicado no Nutrition Journal em 2013, para avaliar o efeito do consumo de abacate Hass na saciedade, mostrou que a adição de 150g de avocado no almoço influenciou a saciedade pós-ingestão durante um período subsequente de 3 e 5 horas em adultos com sobrepeso.

10- Proteção contra doenças crônicas

De acordo com o Programa do Departamento de Medicina Interna e Ciências Nutricionais da Universidade de Kentucky, a ingestão elevada de fibras estå associada a menores riscos de desenvolver doença cardíaca, hipertensão, diabetes, obesidade, doenças gastrointestinais, sensibilidade à insulina, hipercolesterolemia, e ajuda na perda de peso.

AlĂŠm disso, apesar de sua textura cremosa, o fruto contĂŠm aproximadamente 3g de fibras a cada 100g da polpa.

Fonte: Adriana Stavro, nutricionista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não serå publicado.