8 alimentos práticos que te ajudarão a dormir melhor

sono de qualidade está entre os pilares da saúde, mas essa condição natural pode não ser tão fácil para algumas pessoas. Além de práticas como meditação e afastamento de telas, a alimentação também pode influenciar na hora de dormir.

Ao “The Sun”, o psiquiatra especialista em sono Alex Dimitruo alertou que para tentar restaurar o déficit de sono, alguns ajustes simples em sua dieta podem ser o suficiente. 

“Adicionar minerais como potássio, magnésio, cálcio e ferro ao seu prato pode ajudar a promover a produção de melatonina, o hormônio responsável pela regulação do sono. Pesquisa mostra que alguns alimentos específicos contêm propriedades promotoras do sono que o encorajam a adormecer mais fácil e rapidamente”, afirmou.

Confira a seguir quais são esses alimentos; segundo o especialista:

Cerejas

As cerejas são ótimas opções para estimular a melatonina. “Quando consumidas regularmente no café da manhã ou como um lanche pós-treino, elas podem ajudar a regular seu ciclo de sono”, esclareceu o psiquiatra.

Chocolate amargo

chocolate amargo também pode ser seu aliado, graças a sua composição de serotonina, que relaxa o corpo e a mente, além de promover sensação bem-estar.

Amêndoas e nozes

Alex também destacou as amêndoas, pois contêm triptofano e magnésio, que ajudam a reduzir naturalmente as funções musculares e nervosas, enquanto estabilizam o ritmo cardíaco. 

Já as nozes contêm compostos como melatonina, serotonina e magnésio, que promovem qualidade de sono durante a noite.

Melancia

Ao longo do dia é essencial ingerir água e líquidos saudáveis, essa prática além de manter a hidratação, favorece o sono. 

“Além de comprometer seus níveis gerais de energia, a desidratação também pode estar afetando sua capacidade não apenas de adormecer, mas de permanecer dormindo”, explicou Alex.

O especialista ainda aconselhou escolher frutas aquosas, como a melancia, que pode compensar qualquer déficit. “Outras frutas com alto teor de água são: peras, laranjas e maçãs”, declarou.

Chá de camomila

chá de camomila é popular por suas propriedades calmantes naturais, e já foi comprovado que pode ajudar a aliviar os sintomas de insônia, pois a erva contém composto flavonoide, conhecido por abrigar propriedades indutoras do sono.

Pistaches

Os pistaches contêm proteínas, magnésio e vitamina B6, grupo que favorece a qualidade do sono. De acordo com o especialista, não deve exceder uma porção de 30 gramas. “Se você comer muito, pode reverter o efeito e mantê-la acordada devido ao alto consumo de calorias”, explicou. 

Aveia

Fazer uma tigela pequena de mingau de aveia ao anoitecer pode promover uma noite de sono melhor. Isso acontece devido aos grãos que desencadeiam a produção de insulina, o que aumenta o açúcar no sangue naturalmente, resultando em sonolência. 

“A aveia também é rica em melatonina, que relaxa o corpo e ajuda a adormecer”, ressaltou Alex.

Bananas

As bananas contêm potássio e magnésio, fontes que atuam no relaxamento muscular. “Elas também contêm o aminoácido L-triptofano, convertido em 5-HTP no cérebro. O 5-HTP é convertido em serotonina, um neurotransmissor relaxante”, explicou.

Alimentos pesados, fritos, álcool, cafeína e quaisquer outros que induzam azia, como molho de tomate ou suco de laranja devem ser evitados durante a noite, pois desfavorecem o sono.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *