Agricultor tem orelha cortada por assaltantes que roubaram dinheiro no interior do Acre

Uma ocorrência de extrema violência foi registrada no início dessa semana na Comunidade do Boto, situada na BR-364, no município de Tarauacá. Um agricultor de 63 anos foi sequestrado, torturado e teve uma das orelhas cortadas por assaltantes.

Segundo a vítima, ela estava sozinha no sítio de sua propriedade quando por volta de 17h30min do último domingo foi surpreendida por dois homens armados com uma faca e uma revólver. Eles exigiam certa quantia em dinheiro, cujo agricultor teria em seu poder fruto da venda de uma propriedade.

Como o trabalhador se recusava a entregar o valor exigido, os bandidos o levaram para uma área de mata onde amarraram seus pés e mãos, passando a torturá-lo. Um dos bandidos sacou de uma faca e cortou a orelha do idoso, que só então resolveu dizer onde estava o dinheiro procurado pela dupla.

Após cinco horas de torturas, o homem foi deixado amarrado no meio do mato, com promessa dos assaltantes afirmando que voltariam caso não encontrasse o dinheiro. Nesse intervalo, esse conseguiu se livrar das amarras e buscar ajuda. Além do dinheiro, os bandidos levaram outros objetos. “Como ocorreu na jurisdição de Tarauacá, o caso deverá ser apurado pela polícia local”, concluiu o delegado de Polícia Civil, Rafael Távora. A vítima foi medicada e passa bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *