Andirá perde para ao Atlético Mineiro por 1 a 0 e é eliminado da Copa São Paulo de Futebol Junior

O Andirá voltou a campo pela Copa São Paulo de Futebol Júnior na tarde desta quarta-feira, 5. Jogando em Lins, interior de São Paulo, o time acreano perdeu por 1 a 0 para o Atlético Mineiro com um gol de pênalti, marcado por Rubens, já no segundo tempo da partida. Com o resultado, o Andirá acumula sua segunda derrota e não tem mais chances de classificação para a próxima fase.

Andirá e Atlético Mineiro entraram em campo com problemas. Pelo lado acreano, o grande problema era enfrentar uma das principais equipes da competição e candidata ao título. Já pelo lado dos mineiros, o problema foi o surto de dengue que tirou 12 jogadores da partida.
Apesar dos desfalques, o time mineiro foi dono de todo o jogo e dominou a partida. Além da diferença técnica, o Andirá ainda jogou com um jogador a menos desde os 28 minutos do primeiro tempo, quando Robertinho recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Quem apareceu muito bem na partida foi o goleiro Tomate, que fechou o gol contra o time mineiro. O que ninguém conseguiu entender foi o momento do gol do Atlético. O goleiro acreano era de longe o grande destaque da partida quando a arbitragem marcou pênalti para o time mineiro. Quando Tomate se preparava para a defesa, o técnico Kinho Brito resolveu tirá-lo e colocar o reserva Carlos, de apenas 15 anos, que não conseguiu pegar a finalização. Tomate saiu de campo chorando, mas disse ao Sportv que entendia o treinador. “Querendo ou não, o outro goleiro é novo. Tem que ser visto também. Foi no entendimento sobre isso. (O treinador) chegou a conversar, é um bom goleiro, meu parceiro de trabalho. O professor disse para mim que em alguns minutos iria colocar ele. Saí emocionado por conta da partida que fiz hoje”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *