Após terremoto, governo federal envia missão humanitária para o Haiti

Uma missão humanitária organizada pelo governo federal partiu neste domingo para Porto Príncipe, capital do Haiti. No dia 14, o país foi atingido por um forte terremoto, com intensidade de 7,9 graus e, em seguida, pela tempestade tropical Grace, deixando mais de dois mil mortos e um rastro de destruição.

O presidente Jair Bolsonaro acompanhou o embarque da equipe e destacou o papel deles como representantes do Brasil.

A missão é formada por um representante do Ministério do Desenvolvimento Regional e 32 bombeiros militares, especialistas em busca e resgate em estruturas urbanas colapsadas. São 24 bombeiros do Distrito Federal, quatro de Minas Gerais e quatro da Força Nacional de Segurança Pública. O trabalho no Haiti está previsto para durar 21 dias.

A articulação para o envio da ajuda humanitária envolve 17 órgãos federais. O ministro da Defesa, Walter Braga Netto, destacou que esse é um esforço conjunto do governo.

O grupo embarcou na aeronave KC-390, da Força Aérea Brasileira, que transporta três toneladas e meia de medicamentos e insumos estratégicos do Ministério da Saúde. É um material planejado para ser usado em situações de desastres, capaz de atender até 140 mil pessoas. Entre os insumos estão equipamentos de uso hospitalar como macas, colares cervicais e biombos.

Internacional Brasília 22/08/2021 – 13:26 Beatriz Arcoverde Victor Ribeiro – Repórter da Rádio Nacional terremoto no haiti domingo, 22 Agosto, 2021 – 13:26 2:46

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *