Assaltante acusado de estupro é o primeiro autuado na nova DEFLA da Cidade do Povo

Um homem de 20 anos acusado de assaltar uma mulher e em seguida cometer estupro, foi o primeiro a ser autuado na Delegacia de Flagrante desde que a especializada passou a funcionar provisoriamente nas dependências da 2ª Regional, localizada na Cidade do Povo.

G.S.D.C. foi preso nessa terça-feira, 23, por investigadores da Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM), cerca de 13 horas depois de assaltar e violentar sexualmente uma comerciante em seu local de trabalho.

De acordo com os autos da prisão em flagrante, na manhã de segunda-feira, G.S. passava na frente de uma casa comercial quando observou que a funcionária estava sozinha. Ele entrou para anunciar o assalto e depois de subtrair alguns valores da vítima,  mediante violência e grave ameaça,  praticou conjunção carnal.

Ele fugiu logo após cometer o crime.  A partir do momento em que investigadores da Delegacia de Atendimento à Mulher(DEAM) tomaram conhecimento do fato, iniciaram as investigações e buscas em determinados pontos da cidade, que culminaram com a prisão do acusado já na terça. Levado para a Delegacia de Flagrante foi autuado por infringir de forma qualificada os artigos 157 e 213 do Código Penal Brasileiro. A polícia acredita que o homem preso tenha feito outras vítimas, motivo pelo qual intensificará as investigações.

Na manhã desta quarta, 24, ele foi encaminhado à Unidade de Recuperação Social, tendo antes passado pela audiência de custódia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *