Chuva deve voltar com força nesta terça-feira em SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu um sinal de alerta nesta segunda-feira (18) para a forte chuva que pode cair na cidade de São Paulo nesta terça-feira (19). De acordo com o instituto é preciso ter atenção para risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios.

De acordo com o meteorologista do instituto, Franco Nadal Junqueira Villela, “há aviso vigente de perigo de acumulado significativo de precipitação, podendo superar os 100 mm no período, pelo menos até a próxima quarta (20) pela manhã”.

Vilela explica que a chuva, nos últimos dias, tem sido causada por uma frente fria oscilando entre São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, associada a um centro de alta pressão no oceano, o qual está promovendo ventos marítimos úmidos e frios. “Além disso, áreas de baixa pressão que se propagam de oeste para leste em altitude reforçam as instabilidades”, completa o meteorologista.

O CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas) da Prefeitura de São Paulo, por sua vez, faz uma previsão um pouco diferente. Segundo o meteorologista Thomaz Garcia a terça-feira (19) será um dia de céu encoberto, chuva leve e garoa intermitentes na capital e na Grande São Paulo. A chuva deve permanecer até quinta-feira (21).

Nos próximos dias, as temperaturas máximas também não devem ultrapassar a casa dos 20ºC. Tanto na terça como na quarta, a mínima prevista é de 13ºC e a máxima de 16ºC.

“Podemos ter mínimas na casa de 10ºC em bairros menos urbanizados distantes do centro, isso devido à alta pressão oceânica, que é a massa de ar frio na retaguarda da frente fria”, conta Vilela.

Na quinta, o sol aparece entre muitas nuvens. O termômetro aponta temperatura mínima de 11ºC e máxima de 18ºC. Já na sexta, o clima deve começar a esquentar. “O ar seco ganha força e o sol predomina, o que vai facilitar a elevação da temperatura”, afirma Garcia. A máxima pode chegar a 23ºC.

No sábado, a máxima prevista é de 28ºC. “Esse rápido aquecimento se deve ao predomínio do sol, do afastamento da massa de ar frio para o oceano, e consequentemente da mudança na direção dos ventos, que depois de dias soprando do mar para o continente, passará a soprar do interior rumo à capital. Esses ventos vão transportar o ar mais quente e seco proveniente do interior”, diz Garcia.

No domingo, a previsão é de que os termômetros atinjam a máxima de 29ºC. “Já na madrugada do domingo (24), a previsão aponta a rápida passagem de uma nova frente fria, o que deve trazer chuva e nova queda da temperatura para o início da semana que vem”, finaliza Garcia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *