Começa o revezamento da tocha paralímpica dos Jogos de Tóquio

Teve início, nesta quinta-feira (13), o revezamento da tocha paralímpica de Tóquio. Uma série de eventos relacionados ao revezamento da tocha foi realizada, de forma reduzida, por conta da pandemia de coronavírus. A competição acontecerá entre os dias 24 de agosto e 5 de setembro. A tocha deverá passar por cerca de 800 municípios em todo o Japão.

Ao contrário da chama olímpica, que foi acesa na Grécia, os locais e os métodos de iluminação para os Jogos Paralímpicos foram deixados a cargo de cada município. Alguns eventos serão realizados em instalações para pessoas com deficiência e escolas para alunos com necessidades especiais, além de áreas que foram devastadas por desastres naturais. As chamas acesas no país-sede e na Grã-Bretanha, berço espiritual do movimento paralímpico, serão unidas em uma cerimônia em Tóquio no dia 20 de agosto, antes do início do revezamento da tocha dos Jogos Paralímpicos na capital.

Apesar da longa viagem entre o Brasil e a cidade de Hamamatsu, local da aclimatação da delegação brasileira paralímpica para a disputa dos Jogos Paralímpicos de Tóquio, os atletas brasileiros têm enfrentado o calor e adaptação ao fuso horário como os principais desafios nos primeiros dias em solo japonês. Alguns paratletas, como das seleções brasileiras de vôlei sentado e nadadores paralímpicos, já iniciaram a preparação final antes do início das competições.

Faltam 11 dias para os Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Esportes A tocha deverá passar por cerca de 800 municípios em todo o Japão Rio de Janeiro 13/08/2021 – 10:14 Nathália Mendes Astrid Nick – Repórter da Rádio Nacional Tóquio 2020 Paralimpíada sexta-feira, 13 Agosto, 2021 – 10:14 1:35

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *