Dois profissionais de saúde do Acre ajudam locais atingidos por enchentes na Bahia

Dois profissionais da Saúde do Acre prestam apoio durante o momento delicado em que passa a população de 166 municípios da Bahia, que corresponde 39,8% do estado. As localidades foram atingidas por fortes chuvas, ocasionando enchentes e deixando milhares desabrigados e desalojados, além de 26 vítimas fatais.

Integrante da Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS), o médico acreano Pedro Pascoal viajou no dia 29 de dezembro para prestar assistência em Ilhéus. O profissional é especialista em urgência e emergência e transporte aeromédico e é coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

“Estamos exercendo ações de orientações, buscativas de pacientes, principalmente aqueles que têm alguma restrição de locomoção, idosos acamados, pacientes que possuem dificuldades em procurar atendimento fora da regional”, relatou Pedro Pascoal, que estava em missão no município de Dário Meira.

Já na Sala de Situação, em Brasília, está a especialista em Vigilância em Saúde pelo Instituto Sírio-Libanês e especialista em Vigilância em Saúde Ambiental pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Débora dos Santos. Débora dos Santos irá atuar diretamente na atualização do Plano de Ação de 15 dias e na construção do Plano de Recuperação Pós enchente, explica o chefe do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) da Sesacre, Gabriel Mesquita.

“Considero muito importante a ida da profissional, é uma forma de reconhecimento de que a nossa Vigilância em Saúde tem profissionais qualificados para ações desenvolvidas em nível ministerial”, destacou Gabriel Mesquita. A experiência prática garante mais aptidão aos profissionais que retornam para o Acre, com uma bagagem a mais de conhecimento e com capacidade para atuar em situações de desastres dentro do próprio estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *