Fã obcecado por Kylie Jenner é preso após infringir ordem de restrição

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Um fã obcecado pela empresária Kylie Jenner, 24, foi preso neste domingo (26) pela polícia de Los Angeles após infringir a ordem de restrição contra ele. O homem se aproximou da mansão de Kylie em Homby Hills, nos Estados Unidos e acionou o portão de entrada.

Segundo o site TMZ, o fã chamado Jrue Mesgan está preso sob a fiança de US$ 20 mil, o que equivale a mais de R$ 100 mil na cotação atual. No domingo, a polícia foi acionada pela equipe de seguranças da empresária.

Mesgan já tentou entrar na mansão de Kylie diversas vezes nos últimos meses, por isso ela conseguiu uma ordem de restrição contra ele. No início do mês de dezembro, outro homem tentou invadir a casa da empresária para a pedir em casamento.

De acordo com o TMZ, o rapaz de 23 anos pulou a cerca de uma casa e bateu na porta que ele achou que seria de Jenner com um buquê de flores na mão. Porém, ele errou de casa e deu de cara com um vizinho dela que chamou a polícia imediatamente. O homem acabou detido por invadir uma propriedade privada.

Em junho, um homem de 35 anos também foi preso após invadir a casa de Kylie em Los Angeles. Os policiais que atenderam a ocorrência disseram que ele se recusou a deixar a propriedade até ter uma chance de se declarar para a modelo e empresária.

Além disso, no início do mês de março, a modelo teve sua casa invadida por Shaquan King, 27, que estava nu. No mês de maio, King foi julgado como culpado e recebeu a sentença de seis meses de prisão, segundo o jornal The Sun.

No início de março, King foi acusado de invadir a mansão de Jenner, sem roupas, e dar um mergulho na piscina da modelo. No julgamento, ele não contestou a acusação e também não falou se pretendia praticar alguma violência contra a empresária.

No mês de abril, já havia sido ordenado que ele ficasse a no mínimo 30 metros de distância de Kendall e de sua irmã, Kylie, e de sua mãe Kris Jenner. “Ele está terminantemente proibido de ter qualquer contato com qualquer uma das três Jenners”, afirmou o juiz na época.

Kendall deixou a mansão em Beverly Hills por não se sentir segura, segundo o TMZ. A modelo foi ameaçada por outro homem, que disse à polícia que planejava matá-la e depois se suicidar. Este outro acusado está internado em uma instituição psiquiátrica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *