Gladson enfatiza redução de crimes no Acre e cutuca gestão do PT: “A solução foi dar apitos”

Em seu primeiro pronunciamento em 2022, o governador Gladson Cameli usou a comunicação estatal para relembrar ações, obras, investimentos, escândalo de corrupção e ainda aproveitou para comemorar os indicadores de redução da criminalidade no Estado alfinetando a gestão do seu antecessor do PT. “A solução deles foi dar apitos para policiais que nem fardamentos tinham’.

Cameli ressaltou que a problemática da segurança pública foi um dos principais gargalos que, para ele, derrotou as gestões petistas, tendo o ápice na distribuição de apitos no segundo mandato do ex-governador Tião Viana. Já em seu governo, foi feito o inverso, como grandes investimentos na aquisição de veículos, armamento, fardamento e contratação de novos policiais, tanto civis como militares.

Sobre a pandemia do Covid-19, Gladson mencionou que a doença que matou mais de mil acreanos é o maior mal do século, porém, ele enalteceu a construção de dois hospitais de campanha permanentes em menos de 2 meses. “Fomos um dos poucos Estados que não colapsou, como ocorreu nos Estados vizinhos”, comentou.

Sobre a área econômica, o governador citou que o Acre foi um dos poucos Estados da federação que não decretaram Lockdown, além disso, ele destacou os investimentos da gestão para aquecer a economia.

O gestor ignorou as críticas dos adversários políticos que alegam que seu governo não tem obras, na ocasião, ele citou que as mais importantes já estão iniciadas como por exemplo, o Anel Viário de Brasiléia e Epitaciolândia, a duplicação da AC-405 e a recuperação de ramais. “Quem só critica, diz que esse é um governo sem obras, já eu digo que a maior obra é cuidar das pessoas”.

Na área social, Gladson lembrou da implantação do Cartão do Bem, programa Prato Extra, fardamento escolar aos gratuito e a Carteira de Habilitação gratuita às pessoas de baixa renda.

Por fim, Gladson voltou a se colocar à disposição da justiça em relação às recentes investigações. Para ele, a maior prova de transparência é ter implantado a delegacia de combate à corrupção. “Não varremos nada para debaixo do tapete. Isso não é discurso, é ação”, encerrou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *