Homem que matou colega por quebra de castanha é preso em Sena Madureira

Já se encontra detido em uma das celas da Unidade de Recuperação Social Evaristo de Morais, em Sena Madureira, o produtor rural que trabalhava quebrando castanhas, Cosmo Freire Sampaio. Ele é acusado de ter assassinado o colega de trabalho José Juscelino Fernandes Maciel, de 46 anos, com um tiro no rosto após uma discussão por causa da castanha.

A vítima morreu no local da ocorrência no último domingo, 19, na zona rural do município. De acordo com as informações, os dois homens trabalhavam como “meeiros” quebrando castanha numa propriedade do Ramal Mucuripe quando por volta de 17h estavam no meio da floresta e iniciaram uma discussão. Um deles alegava que trabalhava mais que o outro e merecia ganhar mais.

Ocorreu uma troca de ofensas e ameaças e Cosmo pegou uma espingarda e atirou contra o colega de trabalho, que estava deitado numa rede. Atingido na testa, José Juscelino Fernandes teve morte instantânea.

O acusado de matar o colega foi preso na manhã de segunda-feira (20) quando tentava fugir pelo ramal. Levado para a Delegacia Geral de Polícia de Sena Madureira, foi autuado em flagrante pelo delegado Marcos Frank por homicídio duplamente qualificado. Levado à audiência de custódia, teve prisão preventiva confirmada e recolhido ao presídio da cidade, onde irá aguardar o pronunciamento da justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *