IMA e Levante Feminista marcam protesto para esta quinta aos feminicídios no Acre

Nesta quinta-feira, 25, Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher, o Instituto Mulheres da Amazônia (IMA) e o Levante Feminista Contra Feminicídio realizam um ato em protesto aos assassinatos de mulheres no Acre. A atividade está marcada para 8 horas, na aérea comercial do bairro Estação Experimental, em Rio Branco, próximo a antiga Funbesa.

Keyla Viviane (FOTO)

Durante a manifestação, que conta com a parceria e participação do movimento feminista, as mulheres vão grafitar um muro próximo ao local em que a acreana Keyla Viviane dos Santos, 29 anos, foi assassinada pelo ex-marido em frente a loja de confecções que trabalhava.

Além de Keyla, outras vítimas de feminicídio serão lembradas pelas manifestantes e terão seus nomes gravados na grafitagem. O ato marca o início da campanha internacional “16 de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”.

Familiares das vítimas de feminicídio no estado também vão participar do protesto. De acordo com um levantamento do Ministério Público do Acre, em 2020, 12 mulheres foram assassinadas no Acre, e 2021, até outubro foram registrados 8 feminicídios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *