Isabeli Fontana diz que não consegue imaginar ‘Verdades Secretas’ sem Angel

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A modelo Isabeli Fontana, 38, abriu um desfile inusitado com roupas inspiradas no mundo do game Free Fire, nesta quarta-feira (16), no primeiro dia de desfiles da SPFW. As peças foram adaptadas e materializadas pelo stylist Daniel Ueda e pelo estilista Alexandre Herchcovitch.

No backstage, Isabeli falou com a reportagem sobre a saudade que todos da moda estavam de voltar a desfilar, trabalhar e se inspirar. “Voltar a fazer coisas diferentes, voltar às passarelas, ao mundo normal, que agora será o novo normal”, afirmou.

Isabeli diz que tem sorte porque tem o “green card” (visto permanente de residência) e pode ir e voltar para os Estados Unidos, onde já morou, durante a pandemia. Ela revelou também que aproveitou para tirar a cidadania italiana.

“Demorou 25 anos de carreira para eu fazer meu bendito passaporte italiano, que demorou três anos porque os documentos estavam perdidos”, explica.

Isabeli conta que não precisou morar na Itália para conseguir a cidadania porque viaja bastante a trabalho. Mas não descarta a possibilidade de um dia se mudar para o país.

“Eu penso muito nisso hoje porque morei tantos anos no Brasil. Eu acho que a gente vive de experiências na vida. O ser humano vive de experiências, eu nunca morei na Europa, não sei nem como que é.”

A modelo falou da saudade que sente do filho mais velho Zyon, 18, do seu relacionamento com o modelo Álvaro Jacomossi, que se mudou para os Estados Unidos para cursar faculdade de Tecnologia.

“Eu sofri e ainda estou sofrendo [com a distância dele], mas já tem três meses que ele está lá sozinho. É um sofrimento gostoso de [ver que] ‘meu filho realmente cresceu, está com 18’, está caindo a ficha.”

A modelo comentou ainda sobre a saída da atriz Camila Queiroz da série “Verdades Secretas 2”, do Globoplay. Isabeli, que fez uma participação na primeira temporada da novela, diz que é estranho não ter mais a personagem Angel. “Não consigo imaginar a novela sem a Angel, é estranho. Qual vai ser a próxima Angel? A pergunta, eis a questão” diz rindo.

Isabeli gostou de ver esse outro lado da profissão representado na trama da novela. Ela falou que promiscuidade existe em qualquer profissão e que já ouviu falar sobre o chamado book rosa.

Ela revelou que já recusou propostas de “espertinhos” milionários que tentaram várias vezes “comprá-la” mostrando que tinham um avião ou convidando para conhecer a mansão deles.

“Eu nunca quis ver, eu sempre acreditei na minha carreira, naquilo que eu pudesse fazer por mim mesma, não usar alguém para que eu tenha algo. É da minha personalidade isso.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *