Mãe e três filhos morrem durante incêndio em indústria química em SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Ao menos quatro pessoas morreram em um incêndio de grandes proporções que atingiu uma indústria química no início da tarde desta quinta-feira (26) em Barueri, na Grande São Paulo. Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas são uma mãe e três filhos, sendo duas crianças e um bebê. Nomes e idades não foram informados.

O pai dos três foi levado para um hospital, de acordo com o major Marcos Palumbo. Ele teria ficado ferido ao tentar salvar a família. “Ele [o pai] tem quatro filhos, mas [um menino de 12 anos] estava na escola”, afirmou o oficial.

De acordo com os bombeiros, o fogo começou por volta das 11h e atingiu as dependências da empresa Araguaya Química, localizada no Jardim Califórnia, numa região industrial.

Conforme o major, as vítimas, encontradas carbonizadas, estavam dentro de um banheiro no fundo empresa. “Não sabemos se ele [o pai] era caseiro e estava com a família lá”, disse, em entrevista à TV Band.

Sem especificar números, a Prefeitura de Barueri afirmou que outras vítimas e feridos foram encaminhados para serviços de emergência da cidade, mas não disse se foi por causa de ferimentos ou por inalar fumaça. De acordo com o oficial, foram oito hospitalizações.

Um vídeo publicado na conta oficial dos Bombeiros no Twitter mostra a extensão da fumaça preta formada pelo incêndio.

Foram deslocados 50 homens do Corpo de Bombeiros para tentar controlar as chamas. Segundo os bombeiros, houve vazamento de etanol e alguns carros também chegaram a ser atingidos. Ainda não se sabe como o incêndio teria começado.

Devido ao derramamento de combustível, a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) foi chamada. Em nota, a empresa afirma que já está no local com duas equipes da agência ambiental de Osasco, na Grande São Paulo, e integrantes do setor de atendimentos a emergências, mas que ainda não tem ideia do tamanho dos prejuízos causados pelo vazamento.

Até a conclusão desse texto, bombeiros continuavam no local. Devido à fumaça densa e as gotículas de produtos químicos que recaem sobre o local e nas proximidades, as autoridades municipais e estaduais que atuam na área interditaram uma grande área.

O incêndio forçou o cancelamento das aulas de pelo menos nove escolas municipais do entorno, segundo a prefeitura.

Um lar que abriga 43 idosos, o Grupo Vida, que fica perto de onde ocorreu o incêndio, realizou a remoção dos internos para um local mais seguro.

Procurada, ninguém na empresa Araguaya Química atendeu à reportagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *