Maria Antonieta de las Nieves, a Chiquinha, está com Covid

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Maria Antonieta de las Nieves, 71, a Chiquinha do seriado mexicano Chaves, revelou nas redes sociais que testou positivo para Covid, nesta quinta-feira (30). Ela tranquilizou os fãs dizendo que está em casa e melhorando a cada dia.

“Queridos fãs, amigos e familiares: Apesar de todos os cuidados que sempre tive para não contrair Covid-19, testei positivo ao fazer o exame. Me sinto bem, estou em casa, estou muito tranquila e melhorando a cada dia”, escreveu no Instagram.

Ela aproveitou para desmentir boatos de que está em estado grave e desejou um feliz ano novo. “Parece que só tive um resfriado comum, nada de grave como andam publicando por aí. Aproveito para desejar a todos um feliz 2022.”

No dia 10 novembro, foi anunciado que a atriz entrou para o Guinness Book, o livro dos recordes mundiais por ter a mais longa carreira como atriz no mesmo papel infantil. Ele reconheceu a mexicana por ter interpretado a Chiquinha entre 20 de junho de 1971 e 6 de março de 2020.

“A Chiquinha é uma personagem altamente reconhecida em vários países da América Latina e no mundo. A experiência e extensa trajetória são inquestionáveis, já que, durante décadas, gerações após gerações cresceram e desfrutaram da sua personagem”, afirmou na época Carlos Tapia, do Guinness Book.

A atriz manifestou satisfação com o reconhecimento em suas redes sociais. “Graças à minha Chiquinha, tenho este maravilhoso reconhecimento que me enche de alegria e satisfação”, disse María Antonieta de las Nieves em um vídeo publicado em seu perfil no Instagram.

A personagem é um dos mais queridas e lembradas da série mexicana, que foi ao ar inicialmente entre 26 de fevereiro de 1973 e 7 de janeiro de 1980 e que continuou a ser exibida ao longo dos anos por canais de televisão de toda a América Latina até uma disputa por direitos encerrar suas transmissões em 2020.

Embora a série tenha sido interrompida, a atriz continuou a interpretar a personagem e fez em uma “turnê de despedida” pela América Latina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *