Milani desaprova impeachment de ministros do STF, mas acredita que Corte causa interferência

A deputada federal Vanda Milani (Solidariedade) comentou durante entrevista ao Boa Conversa nesta terça-feira, 7, as rixas públicas entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e membros do Supremo Tribunal Federal (STF), como o ministro Alexandre Moraes e Luís Roberto Barroso, que vêm sendo alvos de ataques do presidente.

A ex-procuradora geral do Ministério Público do Acre (MPAC) se mostrou contra o impeachment de membros do Judiciário, mas ressaltou que o STF vem se intrometendo em assuntos em que não foi provocado.

“Eu não concordo com isso [impeachment de membros do STF]. Eu acho que cada poder tem sua atribuição e delegação. Agora, o que está tendo é muito bate-boca e está faltando harmonia. O judiciário tem que falar quando é chamado ou quando a Procuradoria Geral da República provoca e o que tá acontecendo há tempos atrás, o STF começou a se intrometer em coisas que nem estavam sendo chamados, e isso, eu acho que não pode acontecer” salientou.

Ac24horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *