Na delegacia, marido de mulher morta a facadas nega envolvimento no crime

Durante mais de três horas a portas fechadas, um homem de identidade e idade preservados, que seria o marido de Jecineide Ferreira Lima de Oliveira, 40 anos, assassinada com nove facadas na terça-feira, prestou depoimento na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa em Rio Branco.

O depoimento foi prestado diante do delegado Leonardo Ribeiro, que evitou dar maiores detalhes sobre o caso à imprensa.

Todo o teor do depoimento do marido da vítima foi mantido em sigilo, sabendo-se, no entanto, que negou qualquer participação. Ele chegou à delegacia às 10 horas na companhia de uma advogada e só foi liberado depois das 13 horas.

A vítima foi encontrada morta por populares, com várias facadas e seminua em um beco da Rua Princesa Isabel, situada no bairro Raimundo Melo, capital acreana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *