No Acre, polícia considera Operação Papai Noel 2021 a mais tranquila já realizada

“A prevenção é a grande chave do sucesso alcançado durante o ano de 2021, onde poucos casos foram registrados, e consequentemente pouca gente foi presa”. A declaração é do Coronel Athaualpa Ribera, quando falava a respeito da Operação Papai Noel realizada por mais 30 dias nas principais zonas comerciais de Rio Branco.

A ação tinha o intuito de inibir a ação de golpistas que acostumam atacar em massa durante as festas de final de ano. “Apesar de ainda não ter terminando oficialmente, acredito que essa foi a maior Operação Papai Noel em todos os tempos”, comentou o oficial.

A operação Papai Noel começou em sua primeira parte no final do mês de novembro do ano passado, uma semana antes do pagamento do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal de Rio Branco. O objetivo principal era inibir a ação da golpistas, que nessa época do ano costumam vir de outros estados para roubar, furtar e aplicar golpes em Rio Branco.

As principais áreas de atuação foram o centro da cidade, Via Chico Mendes e os bairros Bosque, Estação Experimental, Baixada do Sobral e Bosque consideradas de grande movimentação de pessoas e de maior comércio. A segunda fase começou depois do dia 15 de dezembro e deverá terminar agora no final de semana.

A novidade esse ano foi a inclusão de alunos do curso de formação de policiais militares que foram importantes em todo o trabalho. Os números oficiais da “Operação Papai Noel” deverão ser divulgados em coletiva à imprensa a ser marcada pelo Comando Geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *