Nobel da Paz vai para jornalistas em defesa da democracia

A presidente do Comitê Nobel, Berit Reiss-Andersen, justificou a escolha dos premiados ao Nobel da Paz de 2021 dizendo que a liberdade de expressão e uma imprensa livre são pré-requisitos para uma sociedade democrática, e a sociedade democrática previne guerras e conflitos.

Ela destacou que a filipina Maria Ressa, 58 anos expos os abusos do poder, o uso da violência e o aumento do autoritarismo nas Filipinas. A repórter e seu site Rappler, documentaram como as redes sociais estão sendo usadas para espalhar fake news, assediar opositores e manipular o curso público.

Já Dmitry Muratov, 59 anos, e um dos fundadores do principal jornal de oposição russo, defendeu por décadas a liberdade de imprensa na Rússia em condições cada vez mais desafiadoras conforme a presidente do comitê.

Internacional Paris (França) 08/10/2021 – 15:52 Guilherme Strozi Lucia Mizel – Repórter da Rádio França Internacional Nobel democracia imprensa sexta-feira, 8 Outubro, 2021 – 15:52 0:59

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *