Pocah defende a filha de comentários racistas nas redes sociais

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A cantora Pocah, 26, se pronunciou nas suas redes sociais em defesa de sua filha, Vitória, 5, que foi alvo de comentários racistas. Ela disse que não iria hesitar em processar quem fizesse comentários sobre o cabelo da menina.

A repercussão começou após a ex-BBB publicar em seu Instagram uma tatuagem que fez na canela em homenagem a Vitória. “O dia mais feliz da minha vida foi o dia em que te vi nascer. Seu olhar me trouxe tanta força para lutar”, escreveu. “E eu serei eternamente grata e lutarei por você com todas as minhas forças. Te amo minha menina.”

Em seu Twitter, ela enfatizou o orgulho e a admiração que tem pela filha. “Minha filha é linda e o cabelo dela é maravilhoso e eu nunca vou cansar de dizer”, escreveu na sexta-feira (10).

“Eu enalteço sim a beleza da Toya, não só aqui nas redes mas em casa eu sempre digo o quanto ela é linda. Minha filha um dia me disse que não gostava do cabelo dela. E hoje ela ama! Ela aprendeu a se amar e isso é lindo!”

Em outro tuíte, ela afirma que quem atacar ela ou a família “vai tomar processinho e perder o empreguinho (isso se tiver)”.

A criança de 5 anos já tinha sido alvo de ofensas racistas durante a participação da mãe no Big Brother Brasil 21, em abril deste ano. Na época, o administrador do perfil da cantora denunciou algumas das mensagens recebidas e se pronunciou no Twitter.

A discussão começou após briga entre a cantora e a vencedora do reality, Juliette. Pocah votou na sister para o paredão e isso causou indignação dos fãs da maquiadora.

“É louco pensar que essas mensagens, direcionadas a uma criança de 5 anos, são motivadas exclusivamente porque a mãe dela resolveu votar em um jogo de votação, né? O que está acontecendo no mundo? O que está acontecendo com as pessoas?”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *