Polícia de três cidades do Acre buscam dupla que assaltou e fez família refém

Além das polícias civil e militar de Senador Guiomard, Capixaba e Xapuri estarem atuando intensamente nas buscas a dois dos três homens que fizeram uma família refém num assalto, o Grupo Especial de Fronteira (GEFRON) também vai ajudar a procurar os assaltantes.

Os suspeitos foram perseguidos numa caminhonete que haviam roubado no assalto tentando chegar à fronteira com a Bolívia, quando perderam o controle do veículo próximo ao Araxá, no km 130 da BR-317, bateram contra uma árvore e fugiram por uma área de floresta. Um terceiro envolvido foi preso em flagrante pela polícia militar depois de uma longa negociação. Em depoimento, ele teria identificado os dois parceiros foragidos.

O assalto ocorreu na zona rural de Senador Guiomard, a 25 quilômetros da capital, quando os três assaltantes invadiram a propriedade e renderam todos os presentes na casa. Dois deles pegaram o veículo F-200 Triton branca de propriedade da família e se deslocaram a Brasiléia, para tentar cruzar a fronteira com a Bolívia para negociar o veículo com narcotraficantes andinos, enquanto o outro ficou vigiando os reféns.

Um vizinho passou na frente da casa e desconfiou do assalto, chamando a polícia. Integrantes do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) agiram rapidamente e cercaram o imóvel, o que fez com que o assaltante liberasse alguns dos reféns e se rendesse depois de uma longa negociação com o Major Russo, especialista da área.

Paralelamente, policiais de Capixaba avisados da ocorrência iniciaram uma perseguição aos dois assaltantes que estavam no carro roubado. A dupla conseguiu adentrar numa área de mata por onde fugiram. A área continua sendo vasculhada pela polícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *