Policial militar do Acre conclui curso de motopatrulhamento tático na Bahia

Tiago Gois Passo, 29 anos, entrou para o seleto grupo dos “Cavaleiros de Aço” do Estado do Acre. Após quase 60 dias em solo baiano, o policial militar concluiu com êxito o Curso de Motopatrulhamento Tático, realizado pelo Esquadrão de Motociclistas Asa Branca, da Polícia Militar da Bahia (PMBA). O curso, que ocorreu na Cidade de Feira de Santana, terminou dia 5 de janeiro.

Com 39 alunos inscritos, após oito semanas de curso, 19 profissionais chegaram ao final e concluíram a capacitação, ostentando o tão almejado brevê e se intitulando “Cavaleiro de Aço”. Com uma vasta gama de disciplinas teóricas e práticas, associadas à alta exigência física e psicológica, o acreano elencou também a saudade da família, como uma das maiores dificuldades.

O policial acreano foi o primeiro a realizar o curso de motopatrulhamento tático na Bahia. Foto: Cedida.

O militar é do Curso de Formação de Soldados 2019 (CFSd) e, desde que se tornou profissional apto a exercer as funções de soldado, tem atuado no Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva (GIRO). Para ele, a capacitação é fundamental para a vida profissional. “O curso me deu mais capacidade técnica para melhor exercer as minhas funções e pretendo ser um multiplicador, repassando todo o conhecimento obtido”, afirmou.

O curso teve uma extensa atividade prática, associada a elevada pressão psicológica. Foto: Cedida.

O curso teve as disciplinas de Motopatrulhamento Tático, Mecânica Básica de Motocicletas, Técnicas de Pilotagem, Patrulhamento Tático, Choque Rápido com Motocicletas, entre outras. O Acre agora conta com 16 “Cavaleiros de Aço”, oriundos dos estados Amapá, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Goiás e Bahia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *